Espaço do aluno:

Notícias

Como melhorar o seu desempenho no ensino a distância

@Fonte: Quero Bolsa

Quarta, 26 de agosto de 2020

Antes da pandemia de Covid-19, o ensino a distância já se encontrava em expansão e isso só se intensificou com o isolamento social e suspensão das aulas presenciais.

De acordo com o último Censo EAD.BR, da Associação Brasileira de Educação a Distância, a modalidade soma mais de 9 milhões de estudantes e já é responsável por aproximadamente 20% das matrículas dos cursos superiores de graduação no país.

Para manter o calendário escolar de 2020, as instituições de ensino estão buscando maneiras para dar continuidade às suas atividades e não prejudicar seus alunos, com as aulas online tem sido a principal alternativa utilizada por muitas escolas. No entanto, o modelo de ensino à distância requer alguns cuidados para que o processo de ensino-aprendizagem realmente aconteça com sucesso.

Em parceria com a Abed, listamos 5 dicas de como você pode aproveitar melhor o estudo remoto. Vamos lá?

1. Seja organizado
Ser organizado é um dos pontos fundamentais para que o aluno consiga adequar sua rotina e obter êxito na EAD. É imprescindível que cada um encontre a sua maneira de organizar seus dias se quiser ser mais produtivo.

O ideal é que o estudante anote todas as atividades do curso e as organize de modo que se encaixem em sua agenda. Além disso, é importante que ele observe qual a melhor forma de fazer isso.

Por exemplo, pode ser feito utilizando um gerenciador de tarefas, um calendário, uma planilha ou mesmo em uma folha de papel. O importante é que seja do modo que melhor funcione para cada um.

2. Crie prioridades
É essencial que o aluno estabeleça uma lista de prioridades, pois não basta elencar o que precisa ser feito, mas entender quais obrigações são mais importantes e urgentes.

Assim é possível identificar o que precisa ser realizado com certa velocidade e o que pode ser feito depois. Tomando sempre o cuidado para não criar um problema para si próprio nesse sentido: a procrastinação.

Para evitar isso, o aluno pode estabelecer metas e prazos para a execução das atividades por meio da criação de um cronograma.

3. Tenha foco e disciplina
Para melhorar o rendimento estudando a distância é necessário que o aluno tenha foco e disciplina. A própria flexibilidade que a EAD proporciona pode atrapalhar alguns no sentido de deixá-los perdidos, caso não consigam se organizar e manter a sua determinação no cumprimento das atividades estabelecidas.

Por isso, é importante que o estudante crie um cronograma realista para os seus dias, o que vai garantir a sua execução. Dividir o tempo para cada matéria é uma boa tática. Outra dica é reservar um horário fixo para estudar como se tivesse uma aula marcada.

4. Fuja das distrações
Procurar se afastar de possíveis distrações, como telefone, televisão, jogos, games ou algo que pode tirar a atenção e foco dos alunos é uma estratégia fundamental para quem quer estudar a distância.

Por isso, é recomendável criar um espaço para o estudo, onde o aluno possa se isolar do mundo externo e se concentrar em suas atividades, contribuindo para um melhor aprendizado. A recomendação é buscar um local tranquilo, bem iluminado e que o estudante de preferência consiga ter uma boa postura corporal, contribuindo também para a sua saúde física.

5. Tenha momentos de descanso
Tão importante quanto o foco, os alunos que optam pelo ensino a distância precisam ter momentos de descanso em sua rotina de estudos. Eles são essenciais para recarregar as energias, além de ajudar a manter a concentração, uma vez que o cérebro precisa de pausas para que se recupere e volta com atenção total.

Programar pequenas pausas, como levantar para ir ao banheiro, tomar um café ou dar uma voltinha ou caminhada são boas sugestões quando o aluno estão já há bastante tempo estudando.