Espaço do aluno:

Notícias

Férias escolares: veja como os pais podem dedicar um tempo para os filhos

@Fonte: Acorda Cidade

Quinta, 04 de julho de 2019

Cinco dicas de como curtir o recesso sem gastar muito

O período de recesso escolar é curto, mas intenso. Com o tempo livre, as crianças podem descansar, gastar energia, brincar, se divertir. Muitas cobram uma atenção a mais dos pais para fazerem programas no shopping, cinema, parques e afins. Por sua vez, os pais precisam manter a sua rotina de trabalho.

Iarodi Bezerra, psicólogo especialista no acompanhamento infanto-juvenil, ressalta a importância dos pais dedicarem um tempo de qualidade aos filhos. “A experiência do consultório mostra que esta ausência antes era muito associada à figura paterna. Hoje, com a pós-modernidade, os filhos sentem muita falta da presença das mães também. As crianças ficam muito expostas a videogames e televisão e acabam absorvendo os valores do mundo, não os valores dos pais” alerta.

Mesmo com o tempo curto, investir em atividades criativas pode ser um caminho para reverter este cenário.

“A mudança de atitude dos pais pode começar com o exercício de esquecer o mundo externo quando entrar em casa, não dividir a atenção com questões de trabalho e mensagens de celular, por exemplo”, aconselha.

A resposta para a equação falta de tempo e atenção é simples. “Não precisa de fórmula mágica. Os espaços vão motivar e favorecer a criatividade. Estes momentos serão valiosos para as crianças e também para os pais”, diz o especialista. Atividades que façam os pais embarcar no mundo dos filhos é uma saída. Explorar outros ambientes como o playground, praças públicas e piscinas também são opções.

Conheça algumas ficas de como curtir as férias escolares sem gastar muito:

- Faça você mesmo!

Os tutoriais de faça você mesmo, os famosos DIY, são uma ótima oportunidade para entreter as crianças e ainda exercitar a criatividade. Em uma simples pesquisa no Youtube você encontra tutorial para criar brinquedos, artigos de decoração e até mesmo novas brincadeiras. De modo geral, utiliza-se objetos que a pessoa já tem em casa, pode conseguir com vizinhos ou parentes e não gastam muito.

- Atividades culturais gratuitas:

As atividades culturais gratuitas trazem benefícios que vão além da questão financeira. Aproximar as crianças dos elementos culturais é fundamental para o desenvolvimento social, cognitivo e afetivo dos pequenos. Visite o site da secretaria de cultura da sua cidade e confira as atrações gratuitas disponíveis na programação. Outra opção são projetos sociais, como ONGs, orfanatos, asilos, etc. Além de ter um dia divertido, poderão aprender a importância de cuidar do próximo.

- Cinema em casa:

Não quer pagar caro pelo ingresso, gastar com lanches e ainda enfrentar uma longa fila? Que tal fazer aquela sessão de cinema em casa com toda a família. Assim, fica mais fácil economizar o valor das entradas e da alimentação e ainda proporcionar mais entrosamento entre pais e filhos.

- Gastronomia em família:

Que tal aproveitar as férias para fazer aquelas receitas que você sempre salva da internet, mas nunca coloca em prática? Com o auxílio das crianças você poderá enfim criar novos doces e salgados. Além disso, as aulas de culinária na escola ou até mesmo em casa reforçam os laços familiares e contribuem para o aprendizado infantil.

- Passeios além do shopping:

Não há nenhum problema em passear no shopping. O problema é quando ficamos unicamente restritos a esses espaços. Que tal tirar um dia para levar as crianças para visitar aquele ponto turístico da cidade, conhecer um pouco da história do local e, no final, um piquenique ao ar livre em família?

Para colocar essas dicas em prática é importante planejar as atividades com antecedência, como uma agenda mesmo. Assim fica mais fácil conciliar as férias das crianças com o seu trabalho e demais atividades.